domingo, 11 de novembro de 2018

FARGÃO


Eu preciso confessar
Toda minha admiração
Por a bela vestimenta
Que tem o nome “FARGÃO”,
Algo assim com singeleza
Um esplendor de beleza,
Que causa em mim comoção.

Se antes de vê-la eu não fosse
Escritora de cordel
Juro que teria que ser
Pra não virar Cascavel
E tentar envenenar
Meu jeito de invejar,
Que seria muito cruel.

Lusa Silva
Lusa Silva

* FARGÃO: veste do Cordelista o que significa uma mistura de farda com gibão.
Nome criado pelos membros fundadores da: Academia Paraense de Literatura de Cordel – APLC 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As proezas do meu avô

Vô Bié e Ritinha sua mulher Velho honesto e trabalhador... Mas era ignorante igual seu  Lunga Zombava do curandeiro ao doutor Faz...