terça-feira, 12 de março de 2013

I Encontro de Cordelistas



Primeiro encontro de cordelista
Noé convidou a imprensa
Tivemos o apoio dos jornalistas
Não sou poeta mas fui convidada
Pois em cordel sou especialista

Pode até parecer bizarro
Mas em cenário de Lampião
Trempe e panela de barro
Servia pra fazer o boião.

Quando botei este chapel.
Lembrei  logo do cordel
Isso é que é uma blogueira,
Em trajes de gangaceira

E que bela oportunidade
Para uma blogueira cordelista
Pois recitei meus versos
Ao som de uma viola
De um grande repentista.

Essa é nossa amiga Kátia
Responsável pela organização.
Foi quem teve a ideia
De homenagear Lampião.
Foi quem teve a ideia
De homenagear Lampião.

Hum! Lusinete e João
Aqui os dois representam
Maria Bonita e lampião..

E essa mesa? Quanta fartura...
Carne, seca farofa e rapadura,
As comidas típicas do Sertão
Servidos aos cabras de Lampião

Tinha até milho assado.
Em fogueira de São João.


Sou nordestina da Terra
Do cangaço e do forró
Gosto de D+ do Pará
Do açaí e do carimbó
As vezes faço cordel
Iguaizinhos os de Brogodó

Veja mais em Fotocordel

Lusinete Bezerra da silva.
I encontro de cordelista de Marabá- Pará- Brasil
 

As proezas do meu avô

Vô Bié e Ritinha sua mulher Velho honesto e trabalhador... Mas era ignorante igual seu  Lunga Zombava do curandeiro ao doutor Faz...