Quem sou


Eu sou uma nordestina
Das Terras do lampião.

No final do cangaço,

Mudei-me pro Maranhão.

Não nego minhas origens.

Sou Marabaense de coração.


E nem queiram me perguntar,

O que mais gosto de fazer.

Gosto de embalar numa rede.

Com um bom livro pra ler.

Com muita grana na conta

E pouca coisa pra fazer.


Sim, e ainda tem mais

Ir ao banco só pra sacar.

Dormir bem despreocupada...

Sem ter hora pra acordar.

Ver sempre o por do sol,

Sentindo o cheiro do mar.


Ah! E não fiquem pensando,

Que eu sou de brincadeira.

Não sou mesmo! Me aguardem!

E agora, que virei blogueira?

Quem me seguir vai ver

Do mar saindo faísca e poeira...


Porque sou das Terras

Do cangaço e do forró

Gosto de D+ do Pará

Do açaí e do carimbó

As vezes faço cordel

Iguaizinhos os de Brogodó.


2 comentários:

  1. Parabéns pelos poemas e por ter criado esse espaço para divulgação.
    Que tenha muita criatividade e sucesso!
    Gilcacia

    ResponderExcluir